HOMOSSEXUALISMO: O QUE A MAIORIA DA COMUNIDADE MUÇULMANA PENSA SOBRE ISSO?


Após os ataques na boate em Orlando onde 49 pessoas morreram e tantas outras ficaram feridas, muitos perguntam qual a posição do Islã com relação ao homossexualismo.


É muito complexo escrever sobre o Islã pois, mesmo que os teólogos islâmicos defendam que existe somente uma unificada religião islâmica, não há somente uma forma de interpretação seguida pelos os especialistas islâmicos.


Assim como nas demais religiões, há uma grande quantidade de teólogos e filósofos islâmicos do passado e da atualidade que possuem uma gama de seguidores. Oficialmente existem ainda as quatro escolas de jurisprudência islâmica que definem a forma de interpretação dos textos corânicos e auxiliam na criação da Sharia (lei islâmica), mas esta é uma outra história.


É muito difícil ter uma resposta clara das questões levantadas pelos muçulmanos. As respostas seguem um perfil do tipo: “sim e não pois o teólogo A diz assim, mas o teólogo B diz outra coisa”.


De uma maneira geral, os muçulmanos, de acordo com os textos do Alcorão e dos Hadices, condenam a prática sexual de pessoas do mesmo sexo. Algumas linhas interpretativas já começam a mudar suas posições teológicas para, por exemplo, o caso dos transgêneros. Outras linhas defendem a ideia que se a pessoa for homossexual, mas se abster das práticas homossexuais, então não existe pecado.


É interessante ressaltar que também existem diferenças nas punições que são impostas aos “kaafirun” (transgressores). A lei Sharia, aplicada em muitos países de maioria muçulmana, define homossexualismo com um grave pecado digno de pena de morte. Nos últimos dois anos, a lei Egípcia condenou mais de cinquenta homossexuais, não por prática homossexual pois a lei não é clara sobre isso, mas por “mau comportamento sexual ou por beber demasiadamente”. O mesmo ocorre na Arábia Saudita.


Há quatro textos do Alcorão (Suras 7:80-84; 7:81; 26:165-166 e 4:16) e três no Hadice (Abu Dawud 4462 e 4448; Bukhari 72:774) que são usados pelos muçulmanos para condenar as práticas homossexuais.


Abaixo apresentamos dois textos islâmicos que condenam o homossexualismo:


Corão 7.81: Acercando-vos licenciosamente dos homens, em vez das mulheres. Realmente, sois um povo transgressor.


Hadice Abu Dawud 4462: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam sobre ele) disse: “qualquer um que for encontrado nas práticas do povo de Ló, deve ser executado”. Executar o ativo e o passivo.


Ainda que a forma de interpretação possa variar é importante que todo texto Corânico seja interpretado cuidadosamente seguindo as ferramentas da exegese corânica. De uma forma geral, no entanto, podemos afirmar que o homossexualismo é amplamente condenado no Islamismo.



Destaque
Artigos Recentes